Brumas de Avalon, quer dizer, de Guarapari!

Nesta segunda-feira, 24/01, quando levantei cedo para caminhar, me deparei com uma névoa que cobria toda a orla das praias do centro de Guar...

Nesta segunda-feira, 24/01, quando levantei cedo para caminhar, me deparei com uma névoa que cobria toda a orla das praias do centro de Guarapari. A Praia dos Namorados, Praia das Castanheiras e a Praia da Areia Preta pareciam sair do meio da núvem. Conforme ia andando, a névoa se movia e encobria alguns trechos do caminho. Quando estava na Praia do Meio não dava para ver o penhasco de terra sob o edifício Guarapari Center, as nuvens o encobriam. O prédio parecia suspenso sobre a núvem e abaixo dela, estava o mar revolto batendo no nada. Me lembrou as montanhas flutuantes de Avatar.
Não estava frio, nem calor. Esta úmido. Havia a claridade intensa do sol, mas sem o seu calor, só a sensação da maresia na pele.
O interessante era ver os navios no horizonte sumirem no meio da névoa, parecendo adentrar nas Brumas para encontrar Avalon. E se perdiam e buzinavam para avisar que estavam ali.
Foi lindo sentir, foi mágico de ver, e uma inspiração e tanto para o dia. Pena que não levei a máquina fotográfia, dariam fotos lindas, mas eu nunca ia imaginar que a minha caminhada matinal me permitiria ver imagens tão legais.


Na foto não dá para se ter noção de como foi, mas ficou assim:

You Might Also Like

0 comentários

Instagram